Comportamento do Albedo e NDVI no Núcleo de Desertificação de Gilbués – Piauí (Brasil), usando imagens do Satélite Landsat

Antônio Celso de Sousa Leite, Ulisses Alencar Bezerra, Leidjane Maria Maciel de Oliveira

Resumo


Nesta pesquisa foram realizadas as análises multitemporal do NDVI e Albedo para as imagens datadas em 16/06/1994 e 12/06/2010 na área do Núcleo de Desertificação de Gilbués – PI, utilizando dados do sensor Thematic Mapper (TM), objetivando através da utilização do índice e parâmetros aplicados, analisar o comportamento da cobertura da superfície em relação as ocorrências da desertificação. De um modo geral, ao comparar as imagens investigadas, na cena utilizada que corresponde a data 12/06/2010 o NDVI teve uma redução em relação a vegetação verde, e um aumento nas áreas de solo exposto, em que o Albedo registrou um aumento, evidenciando a existência de superfícies desprovidas de vegetação, o que favorece a alta refletividade nas áreas modificadas, aonde isso pode estar associado a causas naturais e/ou antrópicas no uso e ocupação do solo.     

 

DOI: https://doi.org/10.5281/zenodo.3524791


Palavras-chave


Índices espectrais; Parâmetros biofísicos; Imagens de Satélite

Texto completo:

PDF (Português)

Referências


Aquino, C.M.S., Almeida, J.A.P., & Oliveira, J.G.B. de. (2012). Estudo da cobertura vegetal/uso da terra nos anos de 1987 e 2007 no núcleo de degradação/desertificação de São Raimundo Nonato - Piauí. RA'EGA, 25, 252-278.

Allen, R. G., Tasumi, M., & Trezza, R. (2002). Sebal (Surface Energy Balance Algorithms for Land) Advanced Training and User’s. Manual – Idaho Implementation, version 1.0, 97.

Allen, R. G., Tasumi, M., & Trezza, S. (2007). Satellite-based energy balance for mapping evapotranspiration with internalized calibration (METRIC) - Model. Journal of Irrigation and Drainage Engineering, 133(4).

Bastiaanssen, W. G. M. (1995). Regionalization of surface fux densities and moisture indicators in composite terrain. Ph.D. Thesis, Wageningem Agricultural University, Wageningen, Netherlands.

Chander, G., Markham, B. L., & Helder, D. L. (2009). Summay of current radiometric calibration coefficients for Landsat MSS, TM, ETM+, and EO-1 ALI sensors. Remote Sensing of Environment, 113(5), 893-903.

Correia, F.W.S., Alvalá, R.C.S., & Gielow, R. (2002). Albedo do Pantanal Sul Matogrossense durante o período de transição seco-úmido de 2001-2002. Anais do Congresso Brasileiro de Meteorologia, Foz do Iguaçu, PR, Brasil, 12.

ICID (2010). Segunda Conferência Internacional: Clima, Sustentabilidade e Desenvolvimento em Regiões Semiáridas. Disponível em: http://www.icid18.org. Acesso em: 25/11/2017.

Leite, M.R., & Brito, J.L.S. (2012). Análise de desempenho do algoritmo SEBAL na modelagem térmica da bacia do rio Vieira do Norte de Minas Gerais. Revista Brasileira de Cartografia, 1(65), 161-174.

Lopes, H.L. (2005). Modelagem de parâmetros biofísicos para avaliação de risco à desertificação. Dissertação de Mestrado, Universidade Federal de Pernambuco, Pernambuco, PE, Brasil.

Lopes, H., Candeias, A. L. B., Accioly, L. J. O., Sobral, M. C. M., & Pacheco, A. P. (2010). Parâmetros biofísicos na detecção de mudanças na cobertura e uso do solo em bacias hidrográficas. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, 14(11), 1210–1219.

Markham, B.L., & Barker, L.L. (1987). Thematic mapper bandpass solar exoatmospherical irradiances. International Journal of Remote Sensing, 8(3), 517- 523.

Matos, R. C. M., Candeias, A. L. B., Azevedo, J. R. G., Hattermann, F. F., Koch, H., & Kleinschmit, B. (2015). Análise multitemporal do Albedo, NDVI e Temperatura no entorno do Reservatório de Itaparica - PE: anos de 1985 e 2010. Revista Brasileira de Cartografia, 67,545-554.

Mendonça, F., & Danni-Oliveira, I. M. (2007). Climatologia: noções básicas e climas do Brasil. São Paulo: Oficina de Textos.

Pereira, A.C., Paschoal, S.S., Araujo, P.C. (2014). Análise espaço-temporal da desertificação no semiárido do Nordeste do Brasil através de imagens de satélite LANDSAT 5. Sociedade e Território, 26(2), 181–196.

Rouse, J.W., Haas, R.H., Schell, J.A., & Deering, D.W. (1973). Monitoring vegetation systems in the Great Plains with ERTS. Proceedings of the Third Earth Resources Technology Satellite-1 Symposium, Washington, DC, 3.

Santos, E.G., Santos, C.A.C., Bezerra, B.G., & Nascimento, F.C.A. (2014). Análise de parâmetros ambientais no Núcleo de desertificação de Irauçuba - CE usando imagens de satélite. Revista Brasileira de Geografia Física, 7(5), 915‑926.

Silva, B. B., Lopes, G. M., & Azevedo, P. V. (2005). Determinação do albedo de áreas irrigadas com base em imagens LANDSAT 5 – TM. Revista Brasileira de Agrometeorologia, 13, 201- 211.

Sobrinho, J.V. (1974). O deserto brasileiro. Recife: Universidade Rural de Pernambuco.

USGS - United States Geologic Survery (2017). Catálogo USGS. Disponível em < https://earthexplorer.usgs.gov>. Acesso em: 30/11/2017.

Xu, D., Kang, X., Qiu, D., Zhuang, D., & Pau, J. (2009). Quantitative assessment of desertification using Landsat data on a regional scale – a case study in the Ordos Plateau, China. Sensors, 9, 1738-1753.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 ULISSES ALENCAR BEZERRA, ANTONIO CELSO DE SOUSA LEITE, Leidjane Maria Maciel de Oliveira

ISSN: 2595-4431

 Revista sob Licença Creative Commons

Language/Idioma
02bandeira-eua01bandeira-ingla
03bandeira-spn