Avaliação da qualidade da água na bacia do rio Camarajipe (Salvador – Brasil): diagnóstico dos parâmetros físico-químicos, microbiológicos e determinação do IQA

Luciano da Silva Alves, Lorena Alencar Martins, Lucineide Bispo de Jesus

Resumo


Esta pesquisa teve como objetivo a realização do diagnóstico dos parâmetros físico-químicos, microbiológico e a determinação do IQA da qualidade da água da bacia do rio Camarajipe, localizado em Salvador (Bahia). Para tanto, foram utilizados os dados de monitoramento do Instituto de Meio Ambiente e Recursos Hídricos do Estado da Bahia (INEMA). Os resultados foram avaliados de acordo com os padrões da Resolução CONAMA nº 357/05 e do Índice da Qualidade da Água (IQA) desenvolvido pela Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (CETESB). Pôde-se verificar que conforme a Resolução CONAMA nº 357/05, os parâmetros de OD, DBO e Fósforo total ultrapassaram os limites estabelecidos. Quanto ao IQA, em todos os pontos de monitoramento, a qualidade da água foi classificada como péssima. Baseado nos resultados encontrados, foi possível concluir que a deterioração da qualidade da água da bacia do rio Camarajipe está atribuída a fatores como a ausência de serviços de saneamento básico e as fortes pressões antrópicas originadas pelo uso e ocupação do solo de forma desordenada.

 

DOI: https://doi.org/10.5281/zenodo.3312009


Palavras-chave


Rio; Saneamento Básico; Monitoramento

Texto completo:

PDF (Português)

Referências


AGÊNCIA NACIONAL DE ÁGUAS - ANA. Indicadores de qualidade - Índice de qualidade das águas (IQA). Disponível em: . Acesso em: 27 mar. 2019.

ÁLVARES, M.L.P; MORAIS, L.R.S; SANTOS, M.E.P; PINHO, J.A.G; SANTOS, F.P; COSTA, N.C.A. Qualidade das águas dos rios de Salvador. Revista Vera Cidade 6, 2010.

BRAGA, B; HESPANHOL, I; CONEJO, J.G.L; MIERZWA, J.C; BARROS, M.T.L; SPENCER, M; PORTO, M; NUCCI, N; JULIANO, N; EIGER, S. Introdução à Engenharia Ambiental. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2005.

BRASIL. Resolução CONAMA nº 357/2005. Dispõe sobre a classificação dos corpos de água e diretrizes ambientais para o seu enquadramento, bem como estabelece as condições e padrões de lançamento de efluentes, e dá outras providências. Ministério do Meio Ambiente, 17 de mar. Disponível em . Acessado em março/2019. 2019.

CETESB. Qualidade das águas superficiais no Estado de São Paulo. Significado Ambiental das Variáveis de Qualidade. Disponível em: . Acesso em: 28 de abril de 2018. Acesso em: 13 mar. 2019.

LEMONTOV, A. Novo Índice de Qualidade das Águas com Uso da Lógica e Inferência Nebulosa. Tese de doutorado (Programa de Pós-Graduação em Tecnologia dos processos Químicos e Bioquímicos), 2009. Rio de Janeiro, Universidade Federal do Rio de Janeiro, 2009.

MORAES, L.R.S; ÁLVARES, M.L.P; SANTOS, F.P; COSTA, N.C.A. Saneamento e qualidade das águas dos rios em Salvador, 2007-2009. Revista Interdisciplinar de Gestão Social 1, 47-60, 2012.

MORAIS, L.R.S; BORJA, P.C. Revisando o conceito de saneamento básico no Brasil e em Portugal. Revista dos Instituto Politécnico da Bahia 20, 5-11, 2014.

NOGUEIRA, F.F; COSTA, I.A; PEREIRA, U.A. Análise de parâmetros físico-químicos da água e do uso e ocupação do solo na sub-bacia do Córrego da Água Branca no município de Nerópolis – Goiás. Monografia (Graduação em Engenharia Ambiental e Sanitária), 2015. Goiânia, Universidade Federal da Goiás, 2015.

RIBEIRO, A.R; SANTOS, A.G; NETO, A.R.P; OLIVEIRA, D.F. Estudo diagnóstico de parâmetros físico-químicos e microbiológicos de águas subterrâneas em áreas distritais do município de Catu, recôncavo da Bahia. Exatas Online 9, 25-38, 2018.

RICHTTER, C.A; NETTO, A.J.M. Tratamento de água: tecnologia atualizada. São Paulo: Edgard Blücher, 2002.

ROSSI, W; BRANCO, L.C; LACERDA, J.A; GOMES, A.C; WAGNER, E.M.S. Fontes de poluiçao e o controle da degradação dos rios urbanos em Salvador. Revista Interdisciplinar de Gestão Social 1, p. 61-74, 2012.

SALGADO, L.D. Rios urbanos: uma abordagem sistemática considerando saneamento e revitalização. Dissertação (Mestrado em Engenharia Urbana), 2014. Rio de Janeiro, Universidade Federal do Rio de Janeiro, 2014.

SANTOS, W.P.R; FONSECA, T.B.S; COUTO, E.R. Panorama dos rios de Salvador: a relação entre p saneamento básico e revitalização dos rios. Anais... In: Congresso Nacional de Saneamento e Meio Ambiente 29, 1-20, 2018.

SPERLING, M. V. Introdução à Qualidade das Águas e ao Tratamento de Esgotos. Belo Horizonte: Departamento de Engenharia Sanitária e Ambiental, 2005.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Luciano da Silva Alves, Lorena Alencar Martins, Lucineide Bispo de Jesus

ISSN: 2595-4431

 Revista sob Licença Creative Commons

Language/Idioma
02bandeira-eua01bandeira-ingla
03bandeira-spn