Proposta de ações educativas para a melhoria da qualidade do arvoredo na Cidade do Huambo (Angola)

Isau Alfredo Bernardo Quissindo, Emir Falcon Oconor

Resumo


R E S U M O

 

Este trabalho teve como objetivo propor um plano de ação de boas práticas para a melhoria do estado da vegetação arbórea nas principais ruas e não só da cidade do Huambo, Angola. Para tal, realizou-se a identificação botânica das árvores nas seis ruas estudadas.  As informações coletadas em campo buscaram identificar as espécies existentes em cada rua, compasso de plantação, além disso, foram anotados nos formulários os principais problemas ou fatores abióticos limitantes no ambiente urbano. A coleta de dados compreendeu o período de Julho a Agosto de 2015, verificando-se a presença de 552 indivíduos, pertencentes a 10 famílias e 16 espécies, sendo 87,5% exóticas e 12,5 % nativas. As espécies com maior número de indivíduos foram Casuarina equisetifolia, Jacaranda mimosifolia e Gleditsia triacanthos representando 62% do arvoredo das ruas estudadas. Foram apresentados três programas básicos, com objetivos e ações concretas que a curto, médio e longo prazo auxiliarão na resolução dos problemas identificados: Educação (necessidade de implementação de um programa de educação ambiental a população urbana), Investigação (necessidade de se realizar pesquisas sobre a vegetação no meio urbano) e Conservação (considerar processos e procedimentos que velam pela manutenção e sustentabilidade da vegetação urbana).

 

Palavras-Chaves: Huambo, ruas, vegetação arbórea.

 


Palavras-chave


Huambo; ruas; vegetação arbórea

Texto completo:

PDF (Português)

Referências


Abendroth, S.; Kowarik, I.; Müller, N.; Von Der Lippe, M. (2012). The green colonial heritage: Woody plants in parks of Bandung, Indonesia. Landscape and Urban Planning, Vol. 106, Issue 1, 15 May 2012, Pages 12-22, ISSN 0169-2046.

Agência Press Angola (Angop). (2013). Ministra do Ambiente constata execução de projetos no Huambo. p. 1. [cit. 2013-10-10]. Disponível em: .

Angelis Neto, G.; Angelis, B. L. D.; Dall'agnol, I. C. S. E Kreling, W. L. (2006). O controle de processos em áreas urbanas com o uso da vegetação. REVISBAU, v.1, n.1, p. 56-61.

Arborização Urbana. (2002). Boletim Acadêmico. UNESP. 74 pg. Jaboticabal – SP.

Azevedo, L. P. N.; Paula, A.; Antunes, R. C.; Paula, L.; Rocha, T. B. E Cabacinha, C. D. (2012). Caraterização da arborização de vias públicas do bairro Alto Maron, Vitória da Conquista – BA. Enciclopédia biosfera, Centro Científico Conhecer - Goiânia, v.8, N.14; p. 1100.

Cabral, A. I.; Costa, F. L. (2010). Condicionantes físicas da distribuição do coberto do solo na província de Huambo (Angola). Atas do XII Colóquio Ibérico de Geografia, 6 a 9 de Outubro 2010, Porto: Faculdade de Letras (Universidade do Porto). ISBN 978-972-99436-5-2 (APG); 978-972-8932-92-3 (UP-FL).

Cadorin, D. A.; Silva, L. M.; Hasse, I.; Bett, C.; Emer, A. A. E Oliveira, J. R. (2008). Caraterísticas da arborização dos bairros Cadorin, Parzianello e La Salle em Pato Branco, Paraná. REVISBAU, v.3, n.4, p.40-52.

Campos, Y.; De Sarges, M.; Dos Santos, L.; Estevan, R.; Neto, F. F. M. E Galeazzi, M. (2015). Análise quali-quantitativa da arborização de ruas do município de Godoy Moreira/PR. REVISBAU, v.10, n.1, p. 71‐81.

De Almeida, F. M.; Gonçalves Pereira, G. J.; Arzuaga Sánchez, J.; Torres De La Noval, W.;Cabrera Rodríguez, J. A. Y Hernández Jiménez, A. (2015). Principales problemáticas que afetan el desarrollo del cultivo de la papa (Solanum tuberosum L.) en diferentes municipios de la provincia Huambo, Angola [en línea]. Cultivos Tropicales, vol. 36, no. 4, pp. 100-107. ISSN 1819-4087.

Emer, A. A.; Cadorin, D. A.; Silva, L. Da E Mello, N. (2014). Arborização dos Bairros Veneza e Aeroporto em Pato Branco, Paraná. REVISBAU, v. 9, n. 2, p. 88.

Fabião, A. (2006). As Podas em Árvores Ornamentais: como e porquê. Câmara Municipal de Odivelas. Odivelas: IDG. 1 ed.

Faria, J. L. G.; Monteiro, E. A. E Fisch, S. T. V. (2007). Arborização de vias públicas do município de Jacareí – São Paulo. REVISBAU, Piracicaba, v.2, n.4, p. 20-33.

Filho, D. F. S. E Bortoleto, S. (2005). Uso de indicadores de diversidade na definição de plano de manejo da arborização viária de águas de São Pedro – São Paulo. Revista Árvore, Viçosa-MG, v.29, n.6, p.973-982.

Hill, L. (2004). Podar facilmente: um guia ilustrado para saber como e quando podar tudo, desde flores a árvores. Col. Euroagro, 62. Europa-América. ISBN 972-1-05467-4.

Hoppen, M. I.; Divensi, H. F.; Ribeiro, R. F. E Caxambu, M. G. (2014). Espécies exóticas na arborização de vias públicas no município de Farol, Paraná, Brasil. Revista da Sociedade Brasileira de Arborização Urbana, v. 9, n. 3, p. 176.

Kowarik, I.; Von Der Lippe, M.; Cierjacks, A. (2013). Prevalence of alien versus native species of woody plants in Berlin differs between habitats and at different scales. Preslia, Vol. 85, 2 ed., p. 113-132. ISSN: 0032-7786.

Lopes, B. M.; Neto, S. N. De O.; Leles, P. S. Dos S.; Rocha, R. T. E Coutinho, R. P. (2007). Caraterização da arborização urbana de dois bairros da cidade de Nova Iguaçu, RJ. Revista Universidade Rural: Série Ciências da Vida, v. 27, n. 2, p.50-61.

Melo, E. F. R. Q. E Romani, A. (2008). Praça Ernesto Tocheto: Importância da sua Preservação Histórica e Aspetos de sua Arborização. REVISBAU, v.3, n.1, p. 54-72.

Mendelsohn, J. E Weber, B. (2013). Atlas e perfil do Huambo: sua terra e suas gentes. 1. ed. Development Workshop: Luanda, Angola. 82 p.

Oliveira, A. C. R. E Carvalho, S. M. (2010). Arborização de vias públicas e aspetos sócio-econômicos de três vilas de onta Grossa, Paraná. REVSBAU, Piracicaba/SP, v.5, n.3, p.42-58.

Oliveira, A. S.; Sanches, L. E De Musis, C. R. (2013). Benefícios da arborização em praças urbanas - o caso de Cuiabá/MT. Revista Elettrónica em Gestão, Educação e Tecnologia Ambiental, v. 9, n. 9, p. 1900-1915.

Quissindo, I. A. B.; Oconor, E. F.; Luna, D. P. (2016). Avaliação da vegetação arbórea nas principais ruas da cidade do Huambo-Angola. REVSBAU, Piracicaba – SP, v.11, n.1, 1-15 pp. ISSN eletrônico 1980-7694.

Raber, A. P. E Rebelato, G. S. (2010). Arborização viária do município de Colorado, RS - Brasil: análise quali-quantitativa. REVISBAU, Piracicaba – SP. v. 5, n. 1, p. 183-199.

Rocha, R. T.; Leles, P. S. S. E Neto, S. N. O. (2004). Arborização de vias públicas em Nova Iguaçu, RJ: o caso dos bairros Rancho Novo e Centro. Revista Árvore, Viçosa-MG, v.28, n.4, p.599-607.

Secretaria De Meio Ambiente De Guarulhos. (2011). Manual de Arborização Urbana. Guarulhos, São Paulo, Brazil: [s.n]. 80 p. [cit. 2014-08-09]. .

Shigo, A. L. (1979). Tree decay – an expanded concept. Washington, USA, USDA, Forest Service. Bulletin number 69, 72p.

Sosa, A.; Molina, Y.; Puig, A. E Riquenes, E. (2011). Diagnóstico de la situación del arbolado urbano en la ciudad de Guisa. Revista Forestal Baracoa, v. 30, n.1, p. 73-78.

Souza, F. P. A. E Paiva, A. M. S. (2014). Levantamento arbóreo do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo (IFSP), Campus São Paulo. Revista Brasileira de Arborização Urbana, v. 9, n. 2, p.77-86.

Szymczak, D. A.; Brun, F. G. K.; Brun, E. J.; Navroski, M. C. E Londero, E. K. (2012). Arborização de vias públicas do bairro Camobi, Santa Maria, RS. Rev. Elet. em Gestão, Educação e Tecnologia Ambiental (e-ISSN: 2236-1170).

Volpe-Filik, A.; Silva, L. F. Da E Lima, A. M. L. P. (2007). Avaliação da arborização de ruas do bairro S. Dimas na Cidade de Piracicaba/SP através de parâmetros qualitativos. Revista da Sociedade Brasileira de Arborização Urbana, v. 2, n. 1. p. 34-43.

Wanda, D. (2007). Roteiro da cidade do Huambo. Repartição de Ordenamento do Território, Urbanismo e Ambiente. Administração Municipal do Huambo, Angola. 1p.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2021 Isau Alfredo Bernardo Quissindo

ISSN: 2595-4431

 Revista sob Licença Creative Commons

Language/Idioma
02bandeira-eua01bandeira-ingla
03bandeira-spn