Responsabilidade ambiental: A contribuição do Instituto Federal da Bahia ( Campus Salvador) para o Meio Ambiente através da reciclagem dos fluidos refrigerantes atendidos pelo o Programa Brasileiro de Eliminação de HCFCs

Luanda Kívia de Oliveira Rodrigues, Antonio Gabriel Souza Almeida

Resumo


Quando há intervenção em sistemas de refrigeração os Fluidos Refrigerantes (FR) são liberados na atmosfera, porém eles são substâncias com alto Potencial de Destruição da Camada de Ozônio (PDO) e alto Potencial de Aquecimento Global (GWP). Por isso o Programa Brasileiro de Eliminação de HCFCs (PBH) tem o objetivo de elimina-los gradualmente até 2040. A escassez desses fluidos eleva seu custo. Por isso o IFBA – Campus Salvador, através do Núcleo de Refrigeração, Climatização e Automação (NRCA) criou uma unidade de reciclagem com objetivo de contribui com o PBH, reduzir os impactos ao meio ambiente e também os custos com fluidos novos.  Para isso foi feito um diagnóstico sobre o tipo de aparelho e fluido, os funcionários da manutenção dos aparelhos do campus foram capacitados com bases no PBH, para então iniciar a reciclagem e análise ambiental e econômica. Como resultado foi elaborado um protocolo para recolhimento e reciclagem, identificou-se os tipos de fluidos utilizados na maioria dos aparelhos, recolheu-se 13,05kg de HCFC-22 e 1,69kg de HFC-134a, foi reciclado, respectivamente, 12,80kg e 1,62kg. A diferença entre recolhido e reciclado é devido perdas nas conexões e impurezas removidas. Houve economia de R$ 1.403,28 em compras de fluido refrigerante novo. E redução de danos ambientais uma vez que deixou de ser liberado na atmosfera o equivalente a 72,25 toneladas de CO2. Portanto conclui-se que além de reduzir custos, a reciclagem dos FR contribuiu com PBH, evitou que resíduos fossem liberados e causassem impacto ao ambiente, assim como demonstrou a responsabilidade ambiental do Instituto.

Palavras-chave


Reciclagem, HCFC, Fluido refrigerante, PBH e Responsabilidade ambiental

Texto completo:

PDF (Português)

Referências


Benhadid-Dib, S., Benzaoui, Ahmed. (2012), Refrigerants and their Environmental Impact Substitution of Hydro Chlorofluorocarbon HCFC and HFC Hydro Fluorocarbon. Search for an Adequate Refrigerant. Energy Procedia, 18, 807-816.

BRASIL. Decreto n. 99.280, de 06 de junho de 1990, que promulga a Convenção de Viena para proteção da camada de ozônio e do Protocolo de Montreal sobre substâncias que destroem a camada de ozônio. Diário Oficial da União, Brasília, DF, p. 10894, 17 jun. 1990. Seção 1

Carvalho, C. H. R., (2011). Emissões Relativas de Poluentes do Transporte Motorizado de Passageiros nos Grandes Centros Urbanos Brasileiros. Brasília/DF. IPEA. Disponível em: https://www.ipea.gov.br/portal/images/stories/PDFs/TDs/td_1606.pdf. Acesso em: 05/06/2020.

Cerri, C. C., cerri, C. E. P. (2007), Agricultura e aquecimento global. Boletim Informativo da Sociedade Brasileira de Ciência do Solo, 32(1), 40-44.

Maté, J., Kanter, D. (2011). The Benefits of Basing Policies on the 20 Year GWP of HFCs. GREENPACE. Disponível em: http://conf.montreal-protocol.org/meeting/oewg/31oewg/ngo-publications/Observer%20Publications/Benefits%20of%20Basing%20Policies%20on%2020%20GWP%20of%20HFCs.pdf. Acesso em: 06/06/2020

Lima, L. M. T., Reginato, G. A., Bartholomeu, D. B. (2007). Levantamento de estimativas de absorção de carbono por florestas nativas e comerciais no Brasil. Disponível em: https://www.cepea.esalq.usp.br/br/documentos/texto/levantamento-de-estimativas-de-absorcao-de-carbono-por-florestas-nativas-e-comerciais-no-brasil-aposter-apresentado-no-siicusp-de-2007.aspx. Acesso em: 06/06/2020

Linzmaye, E., (2011). Avaliação das Emissões de HCFC-22 dos Sistemas de Refrigeração Comercial em Supermercados. In: Uso de fluidos alternativos em sistemas de refrigeração e ar condicionado – artigos técnicos, Brasília/DF, Brasil - Ministério do Meio Ambiente, 172.

Mcculloch, A., Midgley, P. M., Ashford, P. (2003) Releases of refrigerant gases (CFC-12, HCFC-22 and HFC-134a) to the atmosphere. Atmospheric Environment, 37 (7). 889-902.

Melo, C.(2011). Uso de Refrigerantes Alternativos em Refrigeração Doméstica e em Equipamentos Compactos de Refrigeração Comercial. In: Uso de fluidos alternativos em sistemas de refrigeração e ar condicionado – artigos técnicos, Brasília/ DF, Brasil - Ministério do Meio Ambiente, 172.

RTI Technologies (1988), Operation & Maintenance Manual: 750-SP1-UNDP. Pennsylvania.

Pereira, G.S., Lira, G.T.R., Oliveira, T.L., Bueno, O., Huehren, R. (2017). Programa Brasileiro de eliminação dos HCFCs-PBH: treinamento e capacitação para boas práticas em sistemas de ar condicionado do tipo Split, Brasília/DF, Brasil - Ministério do Meio Ambiente, 155.

Planton, S. (2013). Annex III: Glossary, In: Climate Change 2013: The Physical Science Basis. Contribution of Working Group I to the Fifth Assessment Report of the Intergovernmental Panel on Climate Change, Cambridge, Cambridge University Press, 222.

Rodríguez, C. R. M. (2015) Estimativa do potencial sequestro de carbono em áreas de preservação permanente de cursos d’água e topos de morros mediante reflorestamento com espécies nativas no município de São Luiz do Paraitinga. Dissertação de mestrado, Instituto Nacional de Pesquisa Espacial, São José dos Campos, SP, 148, Brasil.

Soares, L. H. B., Alves, B, J. R., Urquiaga, S., Boddey, R. M. (2009). Mitigação das emissões de gases efeito estufa pelo uso de etanol da cana-de-açúcar produzido no Brasil. (Circular Técnica). Disponível em: https://ainfo.cnptia.embrapa.br/digital/bitstream/CNPAB-2010/35797/1/cit027.pdf. Acesso em 05/06/2020


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 Luanda Kívia de Oliveira Rodrigues

ISSN: 2595-4431

 Revista sob Licença Creative Commons

Language/Idioma
02bandeira-eua01bandeira-ingla
03bandeira-spn