Análise das relações de focos de calor e desflorestamento no município de Lábrea, sul do Amazonas

Raimundo Gomes Reis, Matheus Lucas Maciel Leal

Resumo


O presente trabalho tem como área de estudo o município de Lábrea/AM, que apresenta um histórico recente de retirada de vegetação impulsionado pelo uso da terra para fins de agropecuária, a qual utiliza a queima como processo de limpeza de área. O objetivo geral consiste em quantificar os focos de calor e identificar suas relações com o desmatamento no período de 2000 a 2015. Os pontos condizentes aos focos de calor foram obtidos através do Programa de Banco de Dados de Queimadas – BDqueimadas e, para estimativa do desmatamento foram utilizados dados do Programa de Cálculo do Desflorestamento da Amazônia – PRODES. Os valores com relação aos níveis de retirada de vegetação e queimada obtiveram certa variabilidade principalmente pela criação de políticas públicas que visam a contenção do desmatamento, além da contribuição de fatores ambientais. Pela análise dos mapas nota-se uma atenuação presente de focos de calor em áreas de desflorestamento, principalmente onde ocorre a atividade agropecuária frequente. Fatores estão ligados ao uso desordenado do fogo nessas áreas, bem como a eliminação da biomassa provinda da derrubada de árvores, limpeza dos locais onde já ocorre a pecuária e preparo do solo para plantio. Conclui-se que a relação entre as variáveis é positiva, mostrando que o tamanho das áreas de desmatamento influencia na detecção de focos de calor.


Palavras-chave


Queimadas, Amazonônia, Geoprocessamento

Texto completo:

PDF (Português)

Referências


Domingues, M. S.; Bermann, C. (2012). O arco de desflorestamento na Amazônia: Da Pecuária à soja. Ambiente & Sociedade, 15(2), 1-22.

Ferreira, L.V.; Venticinque, E.; Almeida, S. (2005). O desmatamento na Amazônia e a importância das áreas protegidas. Estudos Avançados, 53(19),157-166.

Fearnside, P. M. (2006). Desmatamento na Amazônia: dinâmica, impactos e controle. Acta Amazônica, 36(3), 395-400.

Madeira, W. V. (2014). Plano Amazônia sustentável e desenvolvimento desigual. Ambiente & Sociedade,17(3), 19-34.

Mesquita, A. G. G. Impactos das queimadas sobre o ambiente e a biodiversidade Acreana. Revista Ramal de Ideias, Rio Branco, v.1, n.1, 2008.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 Matheus Lucas Maciel Leal

ISSN: 2595-4431

 Revista sob Licença Creative Commons

Language/Idioma
02bandeira-eua01bandeira-ingla
03bandeira-spn