Crescimento e sobrevivência de Genipa americana L. no município de Macaíba (Rio Grande do Norte – Brasil)

Jéssica Nunes Paiva, Rodolpho Stephan Santos Braga, José Augusto da Silva Santana, Juliana Lorensi do Canto

Resumo


Genipa americana L. (jenipapo) é uma espécie frutífera de porte arbóreo de ocorrência em praticamente todo o Brasil, e mesmo com todo o conhecimento do potencial de produção da espécie nas regiões tropicais, ainda existe escassez de informações técnicas, especialmente sobre aspectos silviculturais. Nesse trabalho, objetivou-se avaliar a sobrevivência e o crescimento de mudas de G. americana, após 74 meses em plantio homogêneo localizado no município de Macaíba-RN. Para a produção de mudas, as sementes foram colocadas para germinar em sacos com material do horizonte B de um Latossolo Vermelho Amarelo e vermiculita na proporção de 1:1. Oito meses após a germinação das sementes, 100 mudas com altura média de 35 cm foram plantadas no espaçamento 4 m x 4 m, em covas com as dimensões de 30 x 30 x 30 cm e tutoradas. O solo na área do plantio é classificado como Argissolo Vermelho-Amarelo, com textura arenosa e foi arado e gradeado. Foram analisados os dados de medições de altura e diâmetro ao nível do solo, e calculado o índice de sobrevivência aos 74 meses. A média de altura atingiu 129,8 cm, enquanto o valor médio do diâmetro foi de 30,80 mm, e a sobrevivência foi de 90%. As mudas de G. americana apresentaram elevado índice de sobrevivência e significativo crescimento em altura e diâmetro, evidenciando boa adaptação ao estresse hídrico e às condições de plantio homogêneo, podendo assim ser implantada em plantios puros ou em sistemas de consórcios na região

 

DOI: https://doi.org/10.5281/zenodo.3595073

 


Palavras-chave


Espécie florestal, Árvore frutífera, Jenipapo

Texto completo:

PDF (Português)

Referências


Carvalho, P. E. R. (1994). Espécies florestais brasileiras: recomendações silviculturais, potencialidades e uso da madeira. Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, Centro Nacional de Pesquisa de Florestas, Colombo. 640 p.

Costa, M. C., Albuquerque, M. C. de F., Albrecht, J. M. F. & Coelho, M. F. B. (2005). Substratos para produção de mudas de jenipapo (Genipa americana L.). Pesquisa Agropecuária Tropical, 35(1), 19-24.

Instituto de Desenvolvimento Econômico e Meio Ambiente do Rio Grande do Norte (IDEMA). (2013) Perfil do seu município: Macaíba. IDEMA: Natal. 23p.

Lorenzi, H. (1992). Árvores brasileiras: manual de identificação e cultivo de plantas arbóreas nativas do Brasil. Nova Odessa/SP: Plantarum. 352p.

Martinotto, F., Martinotto, C., Coelho, M. F. B., Azevedo, R. A. B. & Albuquerque, M. C. F. (2012). Sobrevivência e crescimento inicial de espécies arbóreas nativas do Cerrado em consórcio com mandioca. Pesquisa Agropecuária Brasileira, v. 47(1), 22-29.

Oliveira, F. F. (2006). Plantio de espécies nativas e uso de poleiros artificiais na restauração de uma área perturbada de cerrado sentido restrito em ambiente urbano no Distrito Federal, Brasil. Dissertação de mestrado - Curso de Ecologia, Universidade de Brasília, Brasília, DF. 155 p., Brasil.

Rocha, M. B., Barreto-Garcia, P. A. B., Prado, W. B., Paula, A. & Conceição Júnior, V. (2015). Volumetria de Genipa americana em plantio homogêneo no Sudoeste da Bahia. Pesquisa Florestal Brasileira, 35(84), 419-425.

Sampaio, J. C. & Pinto, J. R. R. (2007). Critérios para avaliação do desempenho de espécies nativas lenhosas em plantios de restauração no Cerrado. Revista Brasileira de Biociências, 5, 270-272.

Sano, S. M. & Fonseca, C. E. L. (2003). Taxa de sobrevivência e frutificação de espécies nativas do Cerrado. Planaltina, DF: Embrapa Cerrados. 20p. (Embrapa Cerrados. Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento, 83).

Santiago, E. F. & Paoli, A. A. S. (2007). Respostas morfológicas em Guibourtia hymenifolia (Moric.) J. Leonard (Fabaceae) e Genipa americana L. (Rubiaceae), submetidas ao estresse por deficiência nutricional e alagamento do substrato. Revista Brasileira de Botânica, 30(1), 131-140.

Santos, A. R. F., Silva-Mann, R. & Ferreira, R. A. (2011). Restrição hídrica em sementes de Jenipapo (Genipa americana L.). Revista Árvore, 35(2), 213-220.

Schwider, Y. S., Pezzopane, J. E. M., Côrrea, V. B., Toledo, J. V. & Xavier, T. M. T. (2013). Efeito do déficit hídrico sobre o crescimento de eucalipto em diferentes condições microclimáticas. Enciclopédia Biosfera, 9(16), 888-900.

Silva, F. A. S. & Azevedo, C. A. V. (2016). The Assistat Software Version 7.7 and its use in the analysis of experimental data. African Journal of Agricultural Research, 11(39), 3733-3740.

Sivakumar, M. V. K. & Shaw, R. H. (1978). Relative evaluation of water estress indicators for soybeans. Agronomy Journal, 70, 619-623.

Tonini, H.; Arco-Verde, M. F. & Sá, S. P. P. (2005). Dendrometria de espécies nativas em plantios homogêneos no Estado de Roraima - Andiroba (Carapa guianensis Aubl), Castanha-do-Brasil (Bertholletia excelsa Bonpl.), Ipê-roxo (Tabebuia avellanedae Lorentz ex Griseb) e Jatobá (Hymenaea courbaril L.). Acta Amazonica, 35(3), 353-362.

Valeri, S. V., Puerta, R. & Cruz, M. C. P. (2003). Efeitos do fósforo do solo no desenvolvimento inicial de Genipa americana L. Scientia Forestalis, 64, 69-77.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Jéssica Nunes Paiva

ISSN: 2595-4431

 Revista sob Licença Creative Commons

Language/Idioma
02bandeira-eua01bandeira-ingla
03bandeira-spn