Consumo Verde: uma análise sobre o comportamento ambiental dos consumidores de Dom Pedrito (Rio Grande do Sul - Brasil)

Shirley Grazieli da Silva Nascimento, Alessandra Hernandes Verdum, Daniel Hanke, Cláudio Becker, Mariana Rockenbach de Ávila

Resumo


O presente trabalho teve por objetivo investigar qual o comportamento dos consumidores de Dom Pedrito/RS referente aos problemas ambientais gerados pelo consumo de produtos. Para dar conta de compreender este cenário no município de Dom Pedrito – RS foram realizadas duzentas (200) entrevistas entre os meses de fevereiro, março e abril de 2019 com consumidores do município. Os informantes foram abordados aleatoriamente em supermercados, hortifruti e feira de alimentos do município. A coleta de dados se deu através de um roteiro de questões estruturado com perguntas atinentes aos hábitos e preferências de consumo dos entrevistados. Os dados foram categorizados e analisados através da análise textual de discurso e análise do componente principal. Os dados evidenciaram que não existe um perfil único entre o comportamento dos entrevistados. Embora as questões ambientais estejam na pauta de discussões na sociedade, existe um longo caminho a percorrer no que tange a efetivação do comportamento/prática ambiental.

 

DOI: https://doi.org/10.5281/zenodo.3566146


Palavras-chave


padrão de consumo, comportamento do consumidor, sustentabilidade.

Texto completo:

PDF (Português)

Referências


Altemburg, S. G. N. (2013). A comida invisível: representações sociais sobre a alimentação escolar entre a comunidade escolar e os agricultores familiares na região de Pelotas, RS. Tese (Doutorado) - Universidade Federal de Pelotas. Programa de Pós-Graduação em Sistemas de Produção Agrícola Familiar, Pelotas, 207f.

Barcellos, M. D.; Saab, M. S. M. & Neves, M. F. (2013). O Comportamento do consumidor de alimentos: Marketing e Estratégias do Agronegócio. In: Agronegócio Desafios e Oportunidades da Nova Economia. Editora Appris, Curitiba. d. 1, p. 219 – 255.

Beck, C. G. (2010). Consumo Ambientalmente Consciente: os meus, os seus e os nossos interesses. 2010. 224f. Dissertação (Mestrado em Administração) – Universidade Federal da Paraíba. Programa de Pós-Graduação em Administração, João Pessoa, 2010.

Becker, C., da Costa, C., Neske, M. Z., Lütke, V., & de Almeida, M. A. L. (2016). Os multiníveis da transição agroecológica e a construção de circuitos de produção e consumo sustentáveis. Cadernos de Agroecologia, 10(3).

Dias, R. (2009). Gestão Ambiental: Responsabilidade Social e Sustentabilidade. 1. ed. São Paulo: Atlas S.A., 188 p.

Fontelles, M. J. (2012). Bioestatística aplicada à pesquisa experimental. 1. ed. São Paulo: Livraria da Física.

Foxall, G. R. (2003). The behavior analysis of consumer choice: An introduction to the special issue. Journal of Economic Psychology, n. 24, p. 581–588.

Freitas, E. C.; Prodanov, C. C. (2013). Metodologia do Trabalho Científico: Métodos e técnicas da pesquisa e do trabalho acadêmico. Novo Hamburgo, Feevale.

Gil, A. C. (2008). Métodos e técnicas de pesquisa social. 6. ed. São Paulo: Atlas.

Hanke, D. (2016). Matéria orgânica de solos com horizontes húmicos e hísticos sob floresta ombrófila mista: mecanismos de estabilização e traçador de paleoambiente. Tese (Doutorado em Ciência do Solo) –Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Programa de Pós-Graduação em Ciência do Solo p. 92-94.

Hongyu, K.; Sandanielo, V. L. M.; Junior, G. J. O. (2016). Análise de Componentes Principais: resumo teórico, aplicação e interpretação. Engineering and Science. 5 ed., v. 1, p. 83-90.

Leite, A. P. R.; Dos Santos, T. C. (2007). Consumo Consciente e as Empresas: Uma Análise na Visão dos Consumidores Natalenses. Simpósio de Excelência em Gestão e Tecnologia, v. 4.

Meneghini, E. F.; Ficher, A; Mello, R. O.; Rover, A. (2015). Consumo consciente sustentável: Percepção de alunos, Coordenadores e articuladores NDES. Unoesc & Ciência – ACSA, Joaçaba, v. 6, n. 1, p. 65-74.

Minayo, M.C.S. (2001). Pesquisa social: teoria, método e criatividade. 18 ed. Petrópolis, RJ: Vozes.

Morais, R.; Galiazzi, M. do C. (2006). Análise textual discursiva: Processo reconstrutivo de múltiplas faces. Ciência & Educação, v. 12, n. 1, p. 117-128.

Neves, M.; Castro, L. (2011). Marketing e Estratégia em Agronegócios e Alimentos. 1. ed. São Paulo: Atlas, 368 p.

Osório, F. A. A. (2018). Os riscos socioambientais criados pelo hiperconsumo na sociedade moderna e seus reflexos sobre a desconstrução da cidadania ante a de subjetivação do sujeito: a ideação da cidadania no estado democrático de direito para consolidar o direito fundamental ao meio ambiente. 2018. 99f. Dissertação (Pós-Graduação em Direito) – Universidade de Caxias do Sul. Programa de Pós-Graduação em Direito. Caxias do Sul.

Pazera Júnior, E. (2003). A feira de Itabaiana – PB: permanência e mudança. Tese de Doutorado (Programa de Pós-graduação em Filosofia, Letras e Ciências Humanas), Universidade de São Paulo, São Paulo.

Pinheiro, R. M. et al. (2006). Comportamento do consumidor e pesquisa de mercado. 3. ed. Rio de Janeiro: FGV, 164 p. (Série Marketing).

Shimakura, S. (2012). Estatística descritiva – tabelas e gráficos: O diagrama de dispersão. Disponível em: http://leg.ufpr.br/~silvia/CE055/node15.html. Acesso em: 21 jun. 2019.

Silva, M. G.; Santos, J. S.; Araujo, N. M. S. (2012). “Consumo consciente”: O ecocapitalismo como ideologia. Revista Katálysis, Florianópolis, v. 15, n. 1, p. 95-111.

Souza, A. S. R.; Thebaldi, I. M. M. (2014). Equilíbrio entre Consumo e Sustentabilidade. In: Carlos André Hüning Birnfeld, Álvaro Gonçalves Antunes Andreucci, Luiz Ernani Bonesso de Araujo. (Org.). Direito e sustentabilidade I. 1. ed. Florianopolis: CONPEDI, v. 1, p. 69-86.

Souza. M. (2018). Impacto da sustentabilidade no comportamento do consumidor. Disponível em: < https://www.ideiasustentavel.com.br/impacto-da-sustentabilidade-no-comportamento-do-consumidor/>. Acesso em: 27 jun 2018.

Vanzellotti. T. M. (2014). A Influência da Sustentabilidade no Comportamento do Consumidor da Geração Y. 2014. 73 f. Trabalho de conclusão de curso (Bacharel em Administração) – Administração, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre.

Varella, C. A. A. (2008). Análise Multivariada Aplicada as Ciências Agrárias: Análise de Componentes Principais. Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro – UFRRJ. Seropédica – RJ.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Alessandra Hernandes Verdum, Daniel Hanke, Cláudio Becker, Mariana Rockenbach de Ávila

ISSN: 2595-4431

 Revista sob Licença Creative Commons

Language/Idioma
02bandeira-eua01bandeira-ingla
03bandeira-spn