Diagnóstico da qualidade da água da bacia do Rio Goiana

Polliana Fontoura Guilherme de Souza, Cibele Rodrigues Costa, Monica Ferreira da Costa

Resumo


O monitoramento das bacias hidrográficas é um instrumento de gestão ambiental que visa garantir padrões de qualidade da água e sua conservação. Em Pernambuco, essa responsabilidade cabe à Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH), onde uma das bacias hidrográficas monitoradas é a do Rio Goiana. Fez-se um diagnóstico espaço-temporal inédito da qualidade da água dessa bacia de 2001 a 2014, visando observar a evolução da qualidade da água em toda a bacia. Utilizou-se para tal um índice padronizado (IQA). Dessa forma, foi possível comparar a variabilidade da qualidade de água da bacia em questão com as de outras regiões dos pais, além de realizar análises estatísticas não paramétricas que identificaram diferenças significativas da variação espaço-temporal do IQA.


Palavras-chave


abastecimento público; estratégia amostral; disponibilidade hídrica

Texto completo:

PDF (Português)

Referências


ALVES, I.C.C.; EL-ROBRINI, M.; SANTOS, M.L.S.; MONTEIRO, S.M.; BARBOSA, L.P.F.; GUIMARÃES, J.T.F. Qualidade das águas superficiais e avaliação do estado trófico do Rio Arari (Ilha de Marajó, norte do Brasil). Acta Amazonica, 42, 115–124, 2012. DOI: 10.1590/S0044-59672012000100014.

ALVES, L.H.B. Modelagem da demanda bioquímica de oxigênio (DBO) no alto estuário do Rio Goiana. Monografia (Bacharelado em Oceanografia). 2015. Recife, Universidade Federal de Pernambuco, 2015.

ALVES, L.H.B. Tendências temporais e espaciais da balneabilidade das praias do município de Goiana: perspectivas históricas e futuras diante das transformações socioeconômicas do Zona da Mata e Litoral Norte do estado de Pernambuco. Dissertação (Mestrado em Oceanografia). 2016. Recife, Universidade Federal de Pernambuco, 2016.

ALVES, M.T.R.; TERESA, F.B.; NABOUT, J. A global scientific literature of research on water quality indices: trends, biases and future directions. Acta Limnologica Brasiliensia, 26, 245–253. 2014. DOI:10.1590/S2179-975X2014000300004.

AMÂNCIO, D.V.; COELHO, G.; MARQUES, R.F.P.V.; VIOLA, M.R.; MELLO, C.R. Qualidade da água nas sub-bacias hidrográficas dos Rios Capivari e Mortes, Minas Gerais. Revista Scientia Agraria, 19, 75-86. 2018.

ANA - AGÊNCIA NACIONAL DAS ÁGUAS. Conjuntura dos Recursos Hídricos no Brasil: 2013. Brasília. 434p. 2013. ISBN: 978-85-882100-15-8.

APRILE, F.M.; FARIAS, V.P. Avaliação da qualidade de água da bacia do Rio Goiana, Pernambuco - Brasil. Bioikos, 15, 109–114. 2001.

BARLETTA, M.; COSTA, M.F. Living and Non-living Resources Exploitation in a Tropical Semi-arid Estuary. Journal of Coastal Research, SI 56, 371–375. 2009.

BEZERRA, G.S.C.L.; OLIVEIRA, E.J.A.; SILVA, R.F.; CARVALHO, R.M.C.M.O. Unidades de conservação no contexto de bacia hidrográfica: os refúgios de vida silvestre Matas de Água Azul e Matas de Siriji na bacia do Rio Goiana, em Pernambuco. Anais In: CONGESTAS 2014 - Congresso Brasileiro Gestão Ambiental e Sustentabilidade. João Pessoa - PB. 2, 91–97. 2014.

BONNET, B.R.P.; FERREIRA, L.G.; LOBO, F.C. Relações entre qualidade da água e uso do solo em Goiás: Uma análise à escala da bacia hidrográfica. Árvore, 32, 311–322. 2008. DOI: 10.1590/S0100-67622008000200014.

BRAGA, B.; HESPANHOL, I.; CONEJO, J.G.L.; MIERZWA, J.C.; BARROS, M.T.L.; SPENCER, M.; PORTO, M.; NUCCI, N.; JULIANO, N.; EIGER, S. Introdução à Engenharia Ambiental. Pearson Universidades, 2ª edição. 336 p. 2005. ISBN: 978-8576050414.

CONDEPE/FIDEM - AGÊNCIA ESTADUAL DE PLANEJAMENTO E PESQUISA DE PERNAMBUCO. Bacia Hidrográfica do Rio Goiana e sexto grupo de bacias hidrográficas de pequenos rios litorâneos – GL6. Série Bacias Hidrográficas de Pernambuco Nº 2. Recife. 65p. 2005.

COSTA, C.R.; COSTA, M.F.; BARLETTA, M. Análise Integrada da Qualidade da Água na Bacia e no Complexo Estuarino do Rio Goiana, Pernambuco, Brasil. Revista Costas, 1(1): 133-146. DOI: 10.26359/costas.0107.

COSTA, C.R.; COSTA, M.F.; BARLETTA, M. Interannual and Seasonal Variations in Estuarine Water Quality. Frontiers in Marine Science, 5, 301. DOI: 10.3389/FMARS.2018.00301.

COSTA, C.R.; COSTA, M.F.; BARLETTA, M.; ALVES, L.H.B. Interannual water quality changes at the head of a tropical estuary. Environmental Monitoring and Assessment, 189, 628. 2017. DOI: 10.1007/s10661-017-6343-2.

CPRH - AGÊNCIA ESTADUAL DE MEIO AMBIENTE. Relatório de monitoramento da qualidade da água de bacias hidrográficas do estado de Pernambuco - 2014. Recife. 104 p. 2015.

KONZEN, G.B.; FIGUEIREDO, J.A.S.; QUEVEDO, D.M. History of water quality parameters – a study on the Sinos River/Brazil. Brazilian Journal of Biology, 75, 1–10. 2015. DOI:10.1590/1519-6984.0213.

LIMA, M.S.B. Monitoramento das águas da bacia hidrográfica Pirangi pela determinação dos índices de qualidade da água-IQA e índice de toxidez-IT. Dissertação (Mestrado em Química). 2010. Natal, Universidade Federal do Rio Grande do Norte. 2010.

LOPES, F.B.; TEIXEIRA, A.D.S.; ANDRADE, E.M.; AQUINO, D.D.N.; ARAÚJO, L.F.P. Mapa da qualidade das águas do Rio Acaraú, pelo emprego do IQA e Geoprocessamento. Revista Ciência Agronômica, 39(3), 392–402. 2008.

MAGNUSSON, W.; BRAGA-NETO, R.; PEZZINI, F.; BACCARO, F.; BERGALLO, H.; PENHA, J.; RODRIGUES, D.; VERDADE, L.M.; LIMA, A.; ALBERNAZ, A.L.; HERO J-M.; LAWSON, B.; CASTILHO, C.; DRUCKER, D.; FRANKLIN, E.; MENDONÇA, F.; COSTA, F.; GALDINO, G.; CASTLEY, G.; ZUANON, J.; VALE, J.; SANTOS, J.L.C.; LUIZÃO, R.; CINTRA, R.; BARBOSA, R.I.; LISBOA, A.; KOBLITZ, R.V.; CUNHA, C.N.; • PONTES, A.R.M. Biodiversidade e Monitoramento Ambiental Integrado. Manaus. 356 p. 2013. ISBN 978-85-65551-04-5.

MORETTO, D.L.; PANTA, R.E.; COSTA, A.B.; LOBO, E.A. Calibration of water quality index (WQI) based on Resolution nº 357/2005 of the Environment National Council (CONAMA). Acta Limnologica Brasiliensia, 24(1), 29-42. 2012. DOI: 10.1590/S2179-975X2012005000024.

ORTEGA, D.J.P.; POMPÊO, M.L.M. Determinação da Pressão Ambiental que o Uso da Terra Exerce sobre os Recursos Hídricos na Bacia Hidrográfica do Rio Juqueri, no Município de Mairiporã, Estado de São Paulo, Brasil. Fronteiras: Journal of Social, Technological and Environmental Science, 6(3), 264-286. 2017. DOI: 10.21664/2238-8869.2017v6i3.p264-286.

PIRATOBA, A.R.A; RIBEIRO, H.M.C; MORALES, G.P.; GONÇALVES, W.G. Caracterização de parâmetros de qualidade da água na área portuária de Barcarena, PA, Brasil. Revista Ambiente & Água, 12, 3. 2017. DOI: 10.4136/ambi-agua.1910.

RAMOS, M.A.G. Avaliação da qualidade da água dos Rios Jaguari e Atibaia por meio do índice de qualidade da água - IQA e ensaios toxicológicos. Tese (Doutorado em Ciências Biológicas e Microbiologia). 2015. Rio Claro, Universidade Estadual Paulista. 2015.

SANTOS, M.A.P.F. Avaliação da qualidade da água e sedimento da sub-bacia do Rio Corumbataí - SP por meio de testes ecotoxicológicos. Tese (Doutorado em Energia Nuclear). 2008. São Paulo, Universidade de São Paulo. 2008.

TRINDADE, A.L.C.; ALMEIDA, K.C.B.; BARBOSA, P.E.; OLIVEIRA, S.M.A.C. Tendências temporais e espaciais da qualidade das águas superficiais da sub-bacia do Rio das Velhas, estado de Minas Gerais. Engenharia Sanitária e Ambiental, 22, 13–24. 2017. DOI:10.1590/s1413-41522016131457.

UNEP GEMS - United Nations Environment Programme Global Environment Monitoring System/Water Programme. Global Drinking Water Quality Index Development and Sensitivity Analysis Report. Burlington. 60p. 2007. ISBN: 92-95039-14-9.

WIDMER, W.M. 2009. A Importância da Abordagem Experimental para o Progresso da Gestão Costeira Integrada. Revista da Gestão Costeira Integrada, 9, 7–16. DOI:10.5894/rgci142.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Cibele Rodrigues Costa

ISSN: 2595-4431

 Revista sob Licença Creative Commons

Language/Idioma
02bandeira-eua01bandeira-ingla
03bandeira-spn