A questão socioambiental e os mangues urbanos: uma reflexão sobre a rua da Aurora (Pernambuco – Brasil)

André Felipe Oliveira da Silva, Tiago Fernando de Holanda, Carlos Eduardo Santos de Lima, Jadson Freire da Silva, Áurea Nascimento de Siqueira Mesquita

Resumo


O manguezal é componente do domínio mata atlântica. E tem relevante papel na dinâmica das áreas estuarinas, sobretudo, na proteção costeira. Graças à rica fauna encontrada nesse ambiente, é comumente chamado de “berçário natural”. Ou seja, funciona como abrigo e criadouro de inúmeras espécies de peixes, crustáceos e moluscos. É um sistema ecológico que apresenta espécies vegetais típicas, ou seja, possui uma vegetação muito característica se comparado com outros ecossistemas. Contudo, mesmo diante de sua importância ambiental, social, econômica e histórica, cotidianamente, ações de desrespeito são facilmente percebidas. Sendo assim, vale destacar que, em suma, os manguezais estão sendo o destino de grande parcela dos lixos urbanos, bem como dos esgotos domésticos e industriais. Considerando o que foi dito surgiu a motivação para o presente trabalho, que teve como lócus de estudo a área de mangue compreendida entre duas pontes da Rua da Aurora, a Ponte Princesa Isabel e a Ponte do Limoeiro, no bairro Santo Amaro, em Recife-PE, e visou identificar as principais causas geradoras de impactos negativos, bem como elucidar a população sobre a necessidade de preservação dessa área.


Texto completo:

PDF (Português)

Referências


AMORIM, A.P. et al. Lixão municipal: abordagem de uma problemática ambiental na cidade de Rio Grande - RS. Disponível em: . Acesso em 03 de fevereiro de 2018.

BERNARDES, J. A; FERREIRA, F. P. M. Sociedade e natureza. In: CUNHA, S. B.

BRASIL. LEI Nº 12.651, DE 25 DE MAIO DE 2012. Disponível em: Acesso em: 20 março 2018.

CASTRO, J. A descoberta da fome. Prefácio ao livro Homens e Caranguejos, Lisboa, 1966.

CAMPANILI, M.; PROCHNOW, M. (Orgs). Mata Atlântica – uma rede pela floresta. RMA, Brasília, 2006.

CAMPOS, H. Importância do Manguezal Itacorabi (2008). Disponível em: . Acesso em 03 de dezembro de 2017.

GUERRA, A. J. T.. A questão ambiental: diferentes abordagens. Belo Horizonte, MG. Editora Itatiaia. Bertrand Brasil. 2003.

GUERRA, A.J.T.; CUNHA, S.B.C. (Org.). Impactos ambientais urbanos no Brasil. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil. 2009. 416p.

PEREIRA FILHO, O; ALVES, J.R.P. Conhecendo o manguezal. Apostila técnica, Grupo Mundo da Lama. Rio de Janeiro. 4a ed. 10p. 1999.

VESTENA, L.R.; SCHIMIDT, L.P. Algumas reflexões sobre a urbanização e os problemas socioambientais no centro-sul paranaense. ActaScientiarum.Human and Social Sciences.Maringá, v. 31, n. 1. 2009, p. 67-73.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 André Felipe Oliveira da Silva, Tiago Fernando de Holanda, Carlos Eduardo Santos de Lima, Jadson Freire da Silva, Áurea Nascimento de Siqueira Mesquita

Revista Brasileira de Meio Ambiente | ISSN: 2595-4431

 Revista sob Licença Creative Commons

Language/Idioma
02bandeira-eua01bandeira-ingla
03bandeira-spn