Avaliação de índices de vegetação e características fisiográficas no Sertão Pernambucano

Clayton Barbosa de Andrade, Leidjane Maria Maciel de Oliveira, José Augusto Machado Omena, Ana Cláudia Villar e Luna Gusmão, Diogo Francisco Borba Rodrigues

Resumo


Atualmente os dados de sensoriamento remoto estão sendo primordiais em pesquisas voltadas a estudos do comportamento da vegetação, assim como no monitoramento de fenômenos meteorológicos e ambientais. Utilizando imagens TM – Landsat 5 referentes aos municípios de Exu e Moreilândia localizados no Sertão pernambucano, foram gerados o relevo sombreado e declividades em grau a fim de avaliar o relevo da região, também foram processados o Índice de Vegetação por Diferença Normalizada (NDVI) e o Índice de Água por Diferença Normalizada (NDWI), com objetivo de avaliar a situação da superfície vegetativa das bacias em questão. O estudo dos Índices de Vegetação no sertão Pernambucano, através de imagens disponibilizadas pelo INPE e USGS, apresentou predominância de solo exposto e vegetação rasteira, compatíveis com outros estudos nesta região, confirmando a eficiência na aplicabilidade da técnica.

Palavras-chave


Sensoriamento Remoto, Relevo, Superfície Vegetativa

Texto completo:

PDF (Português)

Referências


ALMEIDA, D. N. O., OLIVEIRA, L. M. M., SILVA, C. B., BEZERRA, U. A., FARIAS, M.O., CANDEIAS, A.L.B. Análise das Bacias Hidrográficas do Rio Brígida, Rio Terra Nova e Grupo de Bacias de Pequenos Rios Interiores 9 (Gi9) de Pernambuco Usando Índices de Vegetação e de Umidade. In: Anais do XXVII Congresso Brasileiro de Cartografia. Rio de Janeiro – RJ: INPE, 2017.

ANDRADE, R.G.; LEIVAS J. F.; GARÇON, E. A.M.; Silva, G.B.S.; LOEBMANN, D.G.S.W.; VICENTE, L.E.; BOLFE, E.L.; VICTORIA, D.C. Monitoramento de processos de degradação de pastagens a partir de dados Spot Vegetation. Embrapa Monitoramento por Satélite-Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento, 2011.

ALLEN, R.G.; WATERS, R.; TREZZA, R.; TASUMI, M.; BASTIAANSSEN, W. Sebal -surface energy balance algorithms for land: Idaho implementation: advance training and users manual. Moscow: Idaho Department of Water Resources, 98p., 2002.

APAC. Agência Pernambucana de Águas e Climas. Disponível em: http://www.apac.pe.gov.br/. Acesso em 19 dez. 2017.

BASTIAANSSEN, W.G.M. Regionalization of surface flux densities and moisture indicators in composite terrain. A remote sensing approach under clear skies in Mediterranean climates. SC-DLO, 1995.

DEMARCHI, J.C.; PIROLI, E.L.; ZIMBACK, C.R.L. Analise temporal do uso do solo e comparação entre os índices de vegetação NDVI e SAVI no município de Santa Cruz do Rio Pardo–SP usando imagens LANDSAT-5. Raega-O Espaço Geográfico em Análise, v. 21, 2011.

GAO, B.. NDWI - A normalized difference water index for remote sensing of vegetation liquid water from space. Remote sensing of environment, v. 58, n. 3, p. 257-266, 1996.

HUETE, A.R. A soil-adjusted vegetation index (SAVI). Remote sensing of environment, v. 25, n. 3, p. 295-309, 1988.

IBGE. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (2007 e 2015). Disponível em: https://www.ibge.gov.br/. Acesso em 19 dez. 2017.

INPE - Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais. Disponível em: http://www.inpe.br/. Acesso em 19 dez. 2017.

JENSEN, J.R.; EPIPHANIO, J.C.N. Sensoriamento remoto do ambiente: uma perspectiva em recursos terrestres. Parêntese, 2011.

LEIVAS, J.F.; ANDRADE, R.G.; VICENTE, L.E.; TORRESAN, F.E.; VICTORIA, D.C.; BOLFE, E.L. Monitoramento da seca de 2012/11 a partir do NDWI e NDVI padronizado do SPOT-Vegetation. In: Embrapa Monitoramento por Satélite-Artigo em anais de congresso In: SIMPÓSIO BRASILEIRO DE SENSORIAMENTO REMOTO, 16., 2013, Foz do Iguaçú. Anais... São José dos Campos: INPE, 2013., 2013.

MARKHAM, B.L.; BARKER, J.L. Thematic Mapper bandpass solar exoatmospheric irradiances. International Journal of remote sensing, v. 8, n. 3, p. 517-523, 1987.

MCFEETERS, S.K. The use of the Normalized Difference Water Index (NDWI) in the delineation of open water features. International journal of remote sensing, v. 17, n. 7, p. 1425-1432, 1996.

OLIVEIRA, J. S. Índices de vegetação (NDVI, IVAS, IAF, NDWI) como subsídio à gestão do uso e ocupação do solo na zona de amortecimento da Reserva Biológica de Saltinho. Dissertação de Mestrado, Recife, PE, Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), 2013.

OLIVEIRA, T.H., SILVA, J.S., MACHADO, C.C.C., GALVÍNCIO, J.D., NÓBREGA, R.S., & Pimentel, R.M.M. Detecção espaço-temporal de estresse hídrico na vegetação do semi-árido no nordeste do Brasil utilizando NDVI e NDWI – Estudo de caso Serra da Capivara e Serra do Congo–PI. VI Seminário Latino Americano de Geografia Física-II Seminário Ibero Americano de Geografia Física. Universidade de Coimbra, 2010.

ROSENDO, S. J., ROSA, R. Análise da detecção de mudanças no uso da terra e cobertura vegetal utilizando a diferença de índices de vegetação. In: Anais do XIII Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto, Florianópolis, Brasil, 21-26 abril 2007, INPE, p. 4209-4216.

ROUSE, J.W.; HAAS, R.H.; SCHELL, J.A.; DEERING, D.W. Monitoring vegetation systems in the Great Plains with ERTS. In: Earth RESOURCES TECHNOLOGY SATELLITE-1 SYMPOSIUM, 3., 1973, Washington. Proceedings... Washington: NASA, 1974. v.1, p.309-317.

SÁ, I.I.S., GALVÍNCIO, J.D., BESERRA, M.S., Sá, I.B. Uso do Índice de Vegetação da Diferença Normalizada (IVDN) para Caracterização da Cobertura Vegetal da Região do Araripe Pernambucano. Revista Brasileira de Geografia Física, v. 1, n. 1, p. 28-38, 2008

SILVA, B.B., LOPES, G.M., AZEVEDO, P.V. Albedo of irregated áreas based on LANDSAT 5-TM images. Revista Brasileira de Agrometeorologia, v. 13, n.2, p.11-21, 2005.

USGS. United States Geological Survey (Serviço Geológico dos Estados Unidos). Disponível em: https://www.usgs.gov/. Acesso em 15 dez. 2017.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Clayton Barbosa de Andrade, Leidjane Maria Maciel de Oliveira, José Augusto Machado Omena, Ana Cláudia Villar e Luna Gusmão, Diogo Francisco Borba Rodrigues

ISSN: 2595-4431

 

 Revista sob Licença Creative Commons